Skip to content

CIENTISTA DE DADOS O que faz, formação, salários

O aluno desenvolverá suas habilidades com programação em disciplinas como Introdução a Programação e Programação I. Além disso, o módulo de Machine Learning traz o conhecimento necessário sobre aprendizado de máquina para o estudante. Por isso, é importante ficar atento às habilidades requisitadas por cada processo seletivo. Atuar como cientista de dados é possuir múltiplas competências e saber se adaptar a diferentes contextos empresariais. Dados não-estruturados de clientes de uma empresa de alimentação, por exemplo, serão combinados e analisados por um cientista de dados.

Envolve também a própria postura na entrevista, como uma boa capacidade de comunicação e de entendimento dos aspectos que vão além do conhecimento técnico. Estamos falando do uso de ferramentas, como o streamlit do Python, que ajudam a construir de forma prática uma aplicação web para abrigar um modelo e facilitar o uso por pessoas não técnicas. Também envolve a conexão com dashboards para comunicação dos resultados de forma automática para decisores, por exemplo. São técnicas e boas práticas que ajudam a transformar estatísticas, gráficos e relatórios complexos em histórias interessantes de entender e de acompanhar.

Como é o mercado de trabalho para um cientista de dados?

Um exemplo prático disso é a discussão acerca de dados e privacidade no mundo contemporâneo. As pessoas geram muitos dados que são úteis para empresas e cientistas de dados em suas aplicações. Se você chegou até aqui, provavelmente tem um interesse genuíno em se tornar cientista de dados. Para muitas pessoas que desejam evoluir na carreira, o percurso para isso ainda é desconhecido.

Prosseguindo em nossa exploração sobre a carreira de Como os cientistas de dados podem ajudar as empresas, é crucial entender a formação educacional e as habilidades necessárias para prosperar neste campo. A trajetória educacional e o desenvolvimento de habilidades específicas são fundamentais para quem deseja seguir carreira e se tornar extremamente competente e requisitado. Com um processo de Business Intelligence (BI), traduzido em português como inteligência de negócios, ele agregará valor aos dados. Dessa forma, pessoas com poder de decisão na empresa poderão executar soluções assertivas através dos relatórios apresentados pelo cientistas de dados. A cibersegurança a partir da contribuição da ciência de dados deve estar no centro do planejamento das organizações que desejam manter seus sistemas de dados longe das ameaças cotidianas.

4: Cientista/Analista de Dados I

Eles se concentram mais em relatórios e insights derivados de conjuntos de dados já estruturados. Embora ambos trabalhem com dados, as funções de cientistas e analistas de dados têm distinções importantes. Veja como o Amplitude, ferramenta com foco em analytics e marketing multicanal, potencializa o desempenho de produtos e aprimora a experiência https://www.asomadetodosafetos.com/2024/04/a-importancia-dos-cientistas-de-dados-para-o-desenvolvimento-dos-negocios.html do usuário de maneira inteligente e eficaz. Como opções que você deve conhecer, citamos o Anaconda e as ferramentas de notebook, que preparam toda a estrutura para o desenvolvimento na nuvem. É fundamental também dominar o github e seus controles de versionamento para organizar a codificação e ter uma boa visão na programação em grupo.

cientista de dados

Por mais que estatística seja uma base da Ciência de Dados, é possível se tornar especialista nessa disciplina e ganhar reconhecimento pela força nessa área. A pessoa cientista de dados com foco em estatística consegue desenvolver modelos de análise mais robustos, além de aplicar teorias e modelagens para fazer previsões. Um dos fatores que diferencia uma pessoa cientista de dados de profissionais de programação é justamente a sua visão analítica. Essa pessoa deve saber realizar investigações nos dados para extrair valor e conseguir responder às perguntas do negócio com análises aprofundadas e multifuncionais.